Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

sábado, 10 de junho de 2017

Evangelho de Mateus 10, 26-33

Missa de 25 de Junho de 2017

Resultado de imagem para desenho não tenhais medo12º DOMINGO DO TEMPO COMUM 
NÃO TENHAIS MEDO!

Leituras
Primeira Leitura Jr 20,10-13
Salmo 68 / 69
Segunda Leitura Rm 5,12-15
Evangelho Mt 10,26-33
Liturgia Diária

Mensagem Principal

 Jesus enviou os doze discípulos com a instrução de como agir e se comportar diante da perseguição. A mensagem está garantida na palavra que diz: “Nada há de encoberto que não seja revelado” e, também, “aquele que se declarar a meu favor diante dos homens eu me declararei em favor dele diante de meu Pai”. O Senhor nos dá a sua graça e nos abre o coração para que nos alegremos com a sua verdade e nos comprometamos com o Evangelho, que é o nosso caminho de vida e salvação.
Folheto Nova Aliança

Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!

MENSAGEM

O tema central da nossa leitura é sugerido pela expressão “não temais”, que se repete por três vezes ao longo do texto (cf. Mt 10,26.28.31). Trata-se de uma expressão que aparece com alguma frequência no Antigo Testamento, dirigida a Israel (cf. Is 41,10.13; 43,1.5; 44,2; Jer 30,10) ou a um profeta (cf. Jer 1,8). O contexto é sempre o da eleição: Jahwéh elege alguém (um Povo ou uma pessoa) para o seu serviço; ao eleito, confia-lhe uma missão profética no mundo; e porque sabe que o “eleito” se vai confrontar com forças adversas, que se traduzirão em sofrimento e perseguição, assegura-lhe a sua presença, a sua ajuda e proteção.
É precisamente neste contexto que o Evangelho deste domingo nos situa. Ao enviar os discípulos que elegeu, Jesus assegura-lhes a sua presença, a sua ajuda, a sua proteção, a fim de que os discípulos superem o medo e a angústia que resultam da perseguição. As palavras de Jesus correspondem à última bem-aventurança: “bem-aventurados sereis quando, por minha causa, vos insultarem, vos perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós” (Mt 5,12).
Este convite à superação do medo vai acompanhado por três desenvolvimentos.
No primeiro desenvolvimento (vers. 26.27), Jesus pede aos discípulos que não deixem o medo impedir a proclamação aberta da Boa Nova. A mensagem libertadora de Jesus não pode correr o risco de ficar – por causa do medo – circunscrita a um pequeno grupo, cobarde e comodamente fechado dentro de quatro paredes, sem correr riscos, nem incomodar a ordem injusta sobre a qual o mundo se constrói; mas é uma mensagem que deve ser proclamada com coragem, com convicção, com coerência, de cima dos telhados, a fim de mudar o mundo e tornar-se uma Boa Nova libertadora para todos os homens e mulheres.
No segundo desenvolvimento (vers. 28), Jesus recomenda aos discípulos que não se deixem vencer pelo medo da morte física. O que é decisivo, para o discípulo, não é que os perseguidores o possam eliminar fisicamente; mas o que é decisivo, para o discípulo, é perder a possibilidade de chegar à vida plena, à vida definitiva… Ora, o cristão sabe que a vida definitiva é um dom, que Deus oferece àqueles acolheram a sua proposta e que aceitaram pôr a própria vida ao serviço do “Reino”. Os discípulos que procuram percorrer com fidelidade o caminho de Jesus não precisam, portanto, de viver angustiados pelo medo da morte.
No terceiro desenvolvimento (vers. 29-31), Jesus convida os discípulos a descobrirem a confiança absoluta em Deus. Para ilustrar a solicitude de Deus, Mateus recorre a duas imagens: a dos pássaros de que Deus cuida (que revela a tocante ternura e preocupação de Deus por todas as criaturas, mesmo as mais insignificantes e indefesas) e a dos cabelos que Deus conta (que revela a forma particular, única, profunda, como Deus conhece o homem, com a sua especificidade, os seus problemas, as suas dificuldades). Deus é aqui apresentado como um “Pai”, cheio de amor e de ternura, sempre preocupado em cuidar dos seus “filhos”, em entendê-los e em protegê-los. Ora, depois de terem descoberto este “rosto” de Deus, os discípulos têm alguma razão para ter medo? A certeza de ser filho de Deus é, sem dúvida, algo que alimenta a capacidade do discípulo em empenhar-se – sem medo, sem prevenções, sem preconceitos, sem condições – na missão. Nada – nem as dificuldades, nem as perseguições – conseguem calar esse discípulo que confia na solicitude, no cuidado e no amor de Deus Pai.
As últimas palavras (vers. 32-33) da leitura que hoje nos é proposta contêm uma séria advertência de Jesus: a atitude do discípulo diante da perseguição condicionará o seu destino último… Aqueles que se mantiveram fiéis a Deus e aos seus projetos e que testemunharam com desassombro a Palavra encontrarão vida definitiva; mas aqueles que procuraram proteger-se, comodamente instalados numa vida morna, sem riscos, sem chatices, e também sem coerência, terão recusado a vida em plenitude: esses não poderão fazer parte da comunidade de Jesus.

Ideia de roteiro para teatro

(Personagem A entra debaixo de um cobertor e com celular para tirar fotos. Encontra com Personagem B com um saco cheio de milho para pipoca)

PA: (sussurrando): Oi todo mundo!

PB: (sussurrando): Oi crianças! Oi PA! Está com tanto frio que veio para missa debaixo do cobertor? Quase que não vence a preguiça de ficar na cama hein?

PA: Não fala bobeira PB! Eu estou procurando!!

PB: Ah mas se você está procurando, deveria ter trazido um saco como esse de milho! Se quiser posso dividir com você!

PA: Não estou entendendo nada! O milho vai ajudar eu achar?

PB: Claro que vai!! Vou te mostrar como! Você estiva a mão e faz assim: Ti ti ti, Ti ti ti (Como se estivesse chamando um passarinho)

PA: Acho que não vai adiantar não! Porque preciso fotografar. Como farei para segurar o cobertor e tirar foto?

PB: Nossa, é mais difícil que imaginei! Mas por que você tem que segurar o cobertor e tirar foto!!

PA: Olha só, eu prestei atenção no Evangelho e descobri um jeito de perder o medo!

PB: Nossa que legal!! Importante mesmo para você que é muito medrosa(o) né?

PA: Sou mesmo!!

PB: Essa parte eu não escutei!! Me ensina?

PA: Claro! No Evangelho Jesus fala assim: "Não tenhais medo! Tudo que está encoberto será revelado". Então eu estou debaixo do cobertor para tirar uma foto para revelar e aí vai acabar o meu medo!

PB: Nossa que máximo!!! Aí você não terá mais medo?

PA: Pelo que diz a Palavra não! O difícil é adivinhar foto de que ou de quem eu preciso tirar? Será que é a foto do Padre, para revelar que eu venho a missa?

PB: Não sei! Mas por via das dúvidas, tira uma foto dele!!

PA: Padre, faz uma pose bem bonita aí!!! (Tira a foto)

PB: Agora é só revelar!!

PA: Mas, PB, por que você está segurando este saco cheio de milho? Parece até que quer alimentar um passarinho?

PB: É exatamente isso! Mas é um passarinho especial que preciso encontrar!

PA: Sério? Olha como você me ajudou, também quero te ajudar! Me como ele é!

PB: Olha como ele é eu não sei! Sei que ele se chama Pardal!! (Começa a chamar o Pardal mostrando o milho)

PA: Mas por que você precisa encontrar o Pardal?

PB: Então eu também prestei atenção no Evangelho. Lá Jesus fala assim: "Vós valeis mais se tiverem pardais". Quero valer muito para Jesus! Então estou procurando o Pardal. Podíamos achar dois. Eu fico com um e você com o outro!

(Começam a procurar e a Catequista entra)

C: Crianças, eu vi tudo!

PA e PB: Viu Catequista?

C: Eu vi. Estava sentada ali no banco e assisti tudo isso!! Fiquei esperando para ver onde ia parar essa história!! Olha, vocês tem muita imaginação viu!

PA: Mas estamos errados C??

C: Olha vocês fizeram uma confusão com o Evangelho de hoje!! O bonito é perceber que vocês prestaram atenção e tentaram entender! Bom vou explicar uma coisa: no Evangelho de hoje Jesus estava preparando os discípulos para aquilo que eles iriam enfrentar, como as perseguições, para a falta de compreensão das pessoas e até mesmo pela falta de aceitação que eles podiam encontrar. Estava preparando principalmente para que não desanimassem da missão.

PA: Então eu não preciso tirar nenhuma foto e revelar para perder o medo?

C: Não precisa não PA. Jesus quando falou assim: Não tenhais medo, Ele quer dizer que estará presente em nossas vidas, revelando, ou seja, mostrando o caminho que devemos seguir e que estará nos protegendo, nos ajudando, nos dando coragem para realizarmos a Missão de Testemunhar a busca pelo Reino de Deus.

PB: Então pelo visto também estou errado de pensar que preciso achar o Pardal para valer mais para Jesus?

C: Está sim PB. Você não precisa achar nada e nem fazer nada, pois Deus te ama muito e sem medidas! Ama tanto que Ele sabe até quantos fios de cabelo tem na sua cabeça.

PB: Nossa que lindo C!

C: Prestem atenção, o Evangelho de hoje veio em forma de Manual! E, às vezes, é difícil entender manual!

PA: Catequista, o que é manual?

C: Sabe quando ganhamos um jogo muito legal? Ou quando baixamos no celular um aplicativo, um joguinho?

PA: Sei sim!

C: Então, dentro do jogo vem um livrinho explicando como jogar. E antes de começar a usar o aplicativo ou joguinho no celular, aparece uns balõezinhos mostrando como usar ou jogar! Esses livrinhos e balõezinhos se chamam manual! São explicações para o uso de algo!

PB: Mas por que o Evangelho de hoje é um manual? Que jogo Jesus quer que a gente jogue?

C: Não PB. Na verdade Jesus está trazendo um manual do missionário cristão!

PA: Missionário cristão?

C: Isso! Missionário cristão é quem aceita ser discípulo e realizar a missão de cristão que é dar testemunho com a própria vida e evangelizar todos ao nosso redor!!

PA e PB: Eu quero ser discípulos!

C: Então precisamos estudar, entender e aprender com essa Manual do Missionário Cristão que o Evangelho de hoje nos apresenta! Vou explicar para vcs!! Jesus quer nos ensinar hoje que somos escolhidos para sermos Missionários e darmos Testemunho do Reino de Deus que precisamos construir em nosso coração e em nossas vidas!

PB: E como podemos fazer isso?

C: Bom, em primeiro lugar precisamos ter confiança na promessa que Jesus nos faz de que estará conosco até o fim de nossas vidas nos protegendo, nos guiando, cuidando de nós e nos mostrando o caminho que devemos seguir. Dessa forma, não precisamos ter medo e sim coragem de mostrar com a nossa vida que buscamos construir o Reino obedecendo sempre os Ensinamentos de Jesus.

PA: Deixa eu ver se entendi! No Manual do Missionário Cristão Jesus está dizendo que podemos confiar que Ele estará presente na nossa vida e que cuidará de todas as coisas para podermos realizar a missão de Testemunhar a busca pelo Reino de Deus através das nossas atitudes?

C: Isso mesmo! Você entendeu direitinho!! O que precisamos gravar no nosso coração é que Jesus estará conosco até o fim das nossas vidas. Por isso não precisamos ter medo de nada! Podemos aceitar a missão de testemunhar e mostrar a todos como somos felizes por viver com Jesus!

PA: E como podemos testemunhar?

C: Testemunhar é mostrar com as nossas atitudes que vivemos os mandamentos e ensinamentos de Jesus com confiança na sua presença em nossa vida.

PB: Agora sim!! Que alegria poder contar com Jesus sempre em nossa vida!!!

C: O que acham de responder esse convite a missão que Jesus nos faz com uma oração? Então coloquem as mãozinhas no coração, fechem os olhinhos e repitam comigo: Querido Jesus, queremos testemunhar o Reino de Deus em nossas vidas. Te pedimos que nos envie o Espírito Santo para obedecermos seus ensinamentos e termos coragem de testemunhar, com as nossas atitudes, a alegria que é viver ao Seu lado. Amém.

Sugestão de Música




Ideia para trabalhar esse Evangelho

Este é um lindo Evangelho, pois é uma declaração de amor que Jesus está nos fazendo de que estaria conosco até o fim de nossas vidas!

A sugestão é confeccionar com as crianças um Manual do Missionário Cristão.
Este modelo trás um coração na capa para mostrar que devemos guardar esse manual em nossos corações.

É importante direcionar a partilha para que as crianças ajudem a confeccionar o manual que Jesus nos ensina no Evangelho.

Por exemplo:
- Não precisamos ter medo, pois Jesus estará conosco até o fim de nossas vidas.
- Obedecer os ensinamentos de Jesus que é viver o amor.
- Testemunhar, através das nossas atitudes, que buscamos construir o Reino de Deus em nosso coração e em nossas vidas...


Oração


Querido Jesus,
Nós somos ainda crianças, mas reconhecemos a importância de sermos discípulos missionários para a construção do Reino de Deus.
Então pedimos que se faça presente em nossas vidas e nos envie o Espirito Santo para podermos obedecer Seus ensinamentos e testemunhar com as nossas vidas a maravilha que é viver ao Seu lado!
Contamos com a proteção de Nossa Mãe Maria, Rainha das missões!
Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário