Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

domingo, 31 de julho de 2016

Evangelho de Lucas 12, 32-48

Missa de 07 de agosto de 2016

19º DOMINGO DO TEMPO COMUM 

VOCAÇÃO PARA O MINISTÉRIO ORDENADO: 
DIÁCONOS, PADRES E BISPOS
                                
Leituras
Primeira Leitura Sb 18,6-9
Salmo 32/33
Segunda Leitura  Hb 11,1-2.8-12
Evangelho Lc 12,32-48

Mensagem Principal


Iniciemos o mês de agosto que é dedicado a oração, reflexões e ação nas comunidades sobre o tema das vocações. A primeira semana enfoca a vocação para o ministério ordenado de diáconos, padres e bispos; a segunda semana ressalta a família; a terceira destaca a vida consagrada; e, por fim, a quarta, os ministérios e os serviços na comunidade. Então, nesta semana elevemos nossas preces por todos os que exercem ou se preparam para os ministérios ordenados. Não nos esqueçamos de pedir ao Senhor da messe que envie santas e abnegadas vocações sacerdotais e diaconais. Assim, neste mês todos nós cristãos somos chamados a elevar a Deus nossas orações para que mande ministros segundo o seu coração.
(Fonte: folheto Nova Aliança)

Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!



Ideia de roteiro para teatro

Personagem A: Olá amigo, que bom que você chegou olha como eu estou bonitão!

Personagem B: Hahaha... está engraçado!

Personagem A: É lembra que eu fui o padre da festa junina lá da escola? pois é, eu guardei a minha roupinha... sabia que um dia eu ia precisar... o dia chegou!

Personagem B: Nossa, e que dia é esse?

Personagem A: Então, eu estava prestando muita atenção no evangelho de hoje quando vim na missa com o papai e a mamãe de manhã...

Personagem B: Sim, já fui também... bem cedinho!

Personagem A: Então hoje iniciamos o mês vocacional,  um mês de muita oração, aquele mês que a gente tem que rezar mais ainda que os outros, sabe?

Personagem B: Ah sim, a tia comentou mesmo na catequese!

Personagem A: Éee, e nesta primeira semana vamos começar rezando pelos padres, diáconos, o nosso Bispo  e o nosso Papa!

Personagem B: Ah entendi... ai você pegou a roupa para fazer uma homenagem!

Personagem A: É também foi isso, mas não é isso exatamente!

Personagem B: Ah não?

Personagem A: Não! Você prestou atenção que no evangelho disse que temos que ficar muito atentos, de olhos beeem abertos, porque não sabemos quando nosso chefe vai chegar?

Personagem B: Nosso chefe?

Personagem A: Siiiim, Jesus ué!

Personagem B: Ah claro, é verdade mesmo... o evangelho falava isso... mas eu continuo sem entender!

Personagem A: Vou explicar... sabe eu tenho muitos afazeres, estudo, vou na natação, no futebol, no inglês, lavo a louça dia sim dia não, revezando com o meu irmão e ando muito cansado... então, seu resolvi que este mês todinho vou me vestir de padre, que é a pessoa que eu conheço que mais reza!

Personagem B: Nossa que boa ideia! Será que a gente não consegue uma roupa desta pra mim?

Personagem A: Amigo, você não é coroinha?

Personagem B: Sou.. será que de coroinha já serve?

Personagem A: Claro, é parecida... serve sim... e tem mais uma coisa, como neste mês estão rezando para os padres, como a gente também agora vai se vestir de padre, vão rezar para nós também e vamos ficar beeem fortes, nada de canseira... assim vamos estar prontinhos quando o chefe chegar!

Personagem B: Olha, amigo... mas to achando que sua ideia não é tão boa não...

Personagem A: Claro que é... um plano infalível!

Personagem B: É, mais vai que começam a acreditar que a gente é padre mesmo e começam a vir conversar com a gente, pedir para a gente dar conselhos, confessar o povo, ir lá no hospital visitar os doentes e ainda celebrar as missas... aqui tem 4 missas só hoje!

Personagem A: Ah, você tem razão... mas eu tenho uma solução... eu trouxe também o meu binoculo... que servirá para avistar de longe o padre Fulano e dizer que nós somos só dublês e que ele que sabe das coisas mesmo!

Personagem B: Ah, então tá bom... que ótimo que você trouxe o binoculo... porque assim podemos ficar de olho se Jesus também tá vindo...

Personagem A: Isso, essa era a ideia também... porque vamos precisar dormir... ai enquanto um dorme o outro fica de binoculo vigiando...tem que também acordar o outro e já começar a rezar, para Jesus saber que a gente reza todo dia...

Personagem B: Mas ai estaremos enganando, Jesus! E ele vê todas as coisas... tem um binoculo bem melhor que o seu!

Personagem A: Ai meu Deus... estou achando muito difícil este negocio de ficar vigilante... acho melhor este povo aqui da missa começar a rezar já para a gente ter uma ideia boa!

Personagem B: Empresta ai seu binoculo!

Personagem A: Pode pegar!

Personagem B: Olha lá vem a nossa catequista.... Oi tia!

Catequista: Olá meninos... personagem A, a festa junina já foi... porque ainda tá de vestido de padre?

Personagem A: Tivemos uma ideia, mas não deu certo... (cochicham para ela entender e contam tudo)

Catequista: Ai meus queridos! Como vocês são criativos...é ficar vigilante não é mesmo fácil... e isso só depende de nós....

Personagem A: Ah, mas nós vamos rezar para os padres ficarem vigilantes... isso é uma ajuda não é? Também precisamos de ajuda!

Catequista: Claro, é nosso dever rezar pelos nossos sacerdotes e ainda mais com este pedido especial desta missa que tivemos neste fim de semana e podemos também orar uns pelos outros, a oração é uma arma muito poderosa, nos faz fortes e cheios de alegria, de amor!

Personagem B: Isso é importante para ser vigilante!

Catequista: Sim, muito... quem não se fortalece na oração não fica em pé... é como um soldado que não almoçou... dorme de fraqueza! A oração é a nossa conversa com Deus, é o nossa força, assim como a Palavra de Deus, a Bíblia é nosso alimento!

Personagem A: Verdade! a gente tem a Bíblia das Crianças e sempre lemos... Então agora já sabemos o caminho! Temos que rezar sim, pelos padres, diaconos, nosso Bispo e nosso Papa, eles são nossos pastores e nos ajudam a rezar também por nós e entender as coisas de Deus, ensinam as coisas da Bíblia e ajudam a cuidar uns dos outros...

Personagem B: Isso, mesmo! Assim ninguém dorme... todo mundo vigia... vamos cuidar uns dos outros... e neste mês especial orar muito por estes nossos tesouros especiais!

Catequista: Isso ai, queridos! Assim vocês serão ótimos vigias... Jesus ficará orgulhoso!

Sugestão de Música

Um bom exemplo de vigilância é o soldado, um sentinela. Vamos ensinar esta linda musiquinha para nossos pequenos?




Ideia para trabalhar esse Evangelho

Quem são os Padres, Diáconos, Bispo que as crianças conhecem? E o Papa? Ah este todas saberão!

Ensine a elas que hoje iniciamos o mês de oração  pelas vocações e vamos começar por eles. Explique o que cada um faz, qual é o seu papel, mostre fotos ou desenhos e pergunte a elas quais conhecem.

Mostre fotos dos paramentos... e pergunte quem usa este? Sejam criativos...

Escreva todos os nomes que eles disserem e faça um amigo secreto de oração sorteando os nomes.

Cada criança levará seu amigo secreto e ela e a família ficará responsável por fazer uma oração diária para ele.

Vamos lá? nossos amigos precisam MUITO da nossa oração!



Oração

Jesus, que eu a cada dia possa estar mais atento, de olhos bem abertos, quero fazer o bem, ficar pertinho do seu coração e trazer com isso mais e mais amigos para te conhecer, Senhor!

Amém




domingo, 24 de julho de 2016

Evangelho de Lucas 12,13-21

Missa de 31 de Julho de 2016


18º DOMINGO DO TEMPO COMUM
 “BUSCAI AS COISAS DO ALTO”
                                               

Leituras
Primeira Leitura Ecl 1,2;2,21-23
Salmo 89/90
Segunda Leitura Cl 3,1-5.9-11 
Evangelho Lc 12,13-21

Mensagem Principal
Irmãos e irmãs, “vaidade das vaidades, tudo é vaidade, recorda-nos o autor sagrado”. Tudo pode tornar-se vaidade quando a ganância toma conta do nosso coração e esquecemos as coisas do alto. (Fonte: folheto Nova Aliança)

Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!


Publicado em 23 de out de 2015


Ideia de roteiro para teatro

O Personagem A em mais uma grande ideia resolveu criar uma exposição de todos os seus brinquedos em frente a garagem da sua casa, alguns até estavam à venda. Enquanto ele ainda estava ajeitando tudo o Personagem B resolve visita-lo. Vejamos o que aconteceu:

Personagem A: Amigo, que bom que você veio! Veja muito bem vindo a minha exposição de brinquedos! Aliás, exposição e venda de alguns... vem ver!

Personagem B: Eu vou ver sim... mas não tô entendo nada! O que você quer fazer!

Personagem A: Ué, muito simples! Quero mostrar para todos que eu tenho os brinquedos mais legais da cidade, vender aqueles que eu não gosto mais e talvez me tornar um consultor de brinquedos!

Personagem B: O que? Consultor de Brinquedos? que é isso?

Personagem A: Eu vi na TV! minha mãe estava assistindo uma programa de consultoria de moda, que ajudava as pessoas que não sabiam como se vestir a compras as roupas certas e ficar bonitonas! Minha mãe adora estes programas, sabia?

Personagem B: É a minha também, mas e daí?

Personagem A: E daí que quando as crianças virem meus brinquedos saberão o quanto sou inteligente e esperto, posso passar para elas as técnicas de ficar bonzinho, ou fazer promessas para ganhar brinquedos e até ir na loja com elas e escolher...você mesmo, precisaria muito dos meus serviços, não tem muitos brinquedos!

Personagem B: Eu não... eu gosto dos meus brinquedos!

Personagem A: Ai tudo bem, não se ofenda... mas você pode comprar um se quiser, olha ali os que estão à venda!

Personagem B: Ah eu sabia, só brinquedo velho e quebrado!

Personagem A: Quebrado não! está machucado só, meu pai conserta se você quiser...ele é bom nisso!

Personagem B: Nossa, eu estou envergonhado de ser seu amigo!

Personagem A: Como assim, devia estar feliz e orgulhoso, quantas vezes você vem em casa e brincamos com eles, hein?

Personagem B: Sim, brincamos... mas você não sabe partilhar nem nas brincadeiras, sempre fica com os brinquedos mais legais e me dá os velhos para brincar!

Personagem A: Eu gosto dos meus brinquedos velhos, por isso guardo eles, são especiais... e por isso te empresto por que é um amigo especial, o meu primo, por exemplo, eu tranco tudo lá em cima do armário, pego a escada do papai e guardo bem no alto! Escondo dele... porque ele é um destruidor!

Personagem B: Ele só tem 3 anos, ainda não sabe brincar... tem que ter paciência e ensinar ele...

Personagem A: Ah você é muito bomzinho, imagine o prejuizo se ele quebra?

Personagem B: Eu vou para casa...você é mesmo muito egoísta...

Personagem A: Não, não... fica ai, me ajuda a vender... eu deixo você levar o que quiser, mas... alugado... regra é regra!

A Catequista chega, estava observando os personagens em sua conversa, ela diz:

Catequista: Esta não é a regra de Jesus, querido!

Personagem A: Oi Tia, não te vimos!

Catequista: Eu estava passando, fui à padaria e vi vocês...ouvi a conversa!

Personagem B: Ai que bom... explica para ele tia, que isso é errado!

Personagem A: Errado? Mas os brinquedos são meus, faço o que quiser!

Personagem B: Não seja mal educado! Vamos ouvir nossa Catequista.

Personagem A: Desculpe, tia... fiquei nervoso!

Catequista: Está desculpado... bem, vamos lá...Jesus nos ensina a partilhar, não é?

Personagem B: Sim...

Catequista: E no evangelho hoje nos dá mais uma lição, ele diz: Não ajunteis tesouros aqui na terra... buscai as coisas do alto...

Personagem A: Ai meu Deus... Jesus vê quando eu escondo as coisas lá no alto do armário quando meu priminho chega, ele deve estar bravo!

Catequista: (risos)... Jesus vê tudo que fazemos, queridos... mas o alto que ele se refere não é o alto do seu armário... é o alto do Céu... quis dizer... busque os ensinamentos de Jesus, não ajunteis os tesouros aqui da terra... não servem para nos deixar pertinho do coração de Jesus!

Personagem A: Mas, o que eu posso fazer se me dão muitos brinquedos?!

Personagem B: Pode dividir com as crianças que não tem nenhum...mas não os velhos e quebrados, tem que ser de coração... eu faço isso!

Catequista: Faz mesmo que eu já vi, ele já trouxe lá na Igreja em um dia de Catequese e juntos entregamos na Obra Social, as pessoas que trabalham la disseram que ia ajudar muito, pois muitas crianças passam por lá que não tem nada!

Personagem A: Nossa... nada? e quantos brinquedos você deu?

Personagem B: Dei 3 brinquedos e a minha bicicleta que estava pequena...

Personagem A: Nossa, mas ficou sem bicicleta... devia ter vendido... ai ajudava a comprar outra...

Personagem B: Sim, eu fiquei pensando muito, fui pelando ela até lá... mas ai, vi um papai e um filho já grandinho de carona na bicicleta, o pai estava voltando do trabalho e passou para pegar o filho na escola, ele se equilibrava com os cadernos na mão... não tinha mochila...ai como meu pai colocou uma cestinha de suporte na minha, pensei que poderia ajuda-lo... ai, eu dei ali mesmo... ele chorou de alegria...

Personagem A: Nossa... na minha casa temos 2 carros, meu pai e minha mãe trabalham com eles... e eu devo ter umas 5 mochilas...

Catequista: Pois é, poderia doar as 4 que não usa e alguns brinquedos...

Personagem B: Isso mesmo...

Personagem A: É verdade... agora entendi... eu vou sim partilhar este meu tesouro aqui... na verdade eu quero ser Consultor de Jesus e não de brinquedos!

Catequista: Que ótimo... um Consultor de Jesus se chama evangelizador, aquele que anuncia o evangelho... e você já tem um belo testemunho para dar!

Personagem A: O que é testemunho!

Catequista: É quando entendemos a mensagem de Jesus e mudamos de vida, ai temos uma bela historia para contar!

Personagem A: Entendi... amigo, me ajude aqui, vou desfazer a minha exposição e vou já pedir para o papai pegar o carro e me ajudar a levar lá na obra social!

Personagem B: Eba! eu ajudo sim!

Catequista: Excelente, meninos... Jesus com certeza está muito feliz...

Personagem A: Ele é o nosso verdadeiro tesouro!

Sugestão de Música

A musiquinha 1 deste vídeo da Turminha do Coração de Criança pode nos ajudar muito compreender o evangelho de hoje.





Ideia para trabalhar esse Evangelho

Vamos construir este pódio com as crianças, use a sua imaginação: caixas de sapato, palitos de sorvete, caixas de pasta de dente, ou apenas o desenho mesmo, o importante é ter 3 lugares: Primeiro, segundo e terceiro.

Deixe sem nada acima de cada lugar, a figura abaixo já está pronta, é um "gabarito"... não faremos assim... vamos pedir que as crianças, escrevam ou desenhem o que em suas vidas está cada posição no pódio e assim vamos refletir...

É natural que algumas delas coloquem de cara Jesus como campeão, mas temos que provocar e dizer:

Será mesmo?

Será que o video-game muitas vezes não ganha de Jesus este lugar especial?

Vamos lá... faça você primeiro, Evangelizador! No silêncio do seu coração e peça a Deus a luz do Santo Espirito para conduzir este importante momento.




Oração

Jesus, me ensina a partilhar e entender que o maior tesouro é ter o Senhor no coração e buscar o céu, sempre. Amém!



sábado, 16 de julho de 2016

Evangelho de Lucas 11,1-13

Missa de 24 de Julho de 2016


17º DOMINGO DO TEMPO COMUM 
“A ORAÇÃO É DIÁLOGO COM DEUS”
                                               
Leituras
Primeira Leitura Gn 18,20-32
Salmo 137/138
Segunda Leitura  Cl 2,12-14
Evangelho Lc 11,1-13



Mensagem Principal
Deus habita em seu templo santo e nos reúne como filhos e filhas para celebrar. Neste domingo, somos instruídos sobre o valor e a importância da oração. Na Eucaristia descobrimos o rosto do Pai, que sempre se mostra favorável quando pedimos com fé e perseverança. (Fonte: folheto Nova Aliança)

Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!
Estas homilias, são antigas, mas o evangelho é sempre atual!





Mais um:



Ideia de roteiro para teatro

Personagem A: Amigo, eu aprendi uma coisa muito legal... estava ansioso para você chegar e eu te falar!

Personagem B: Que legal... então me conta, o que é?

Personagem A: Eu aprendi a rezar a oração do Pai Nosso!

Personagem B: Ah mais isso eu já sei faz tempo...(ao dizer isso ele reza a oração, bem rapidinho... como quem esta narrando um jogo de futebol) e logo depois completa...

Nossa você demorou muito para aprender, hein? Já tá há um tempão na Catequese!

Personagem A: Ah eu não sei rezar assim tão bem quanto você... eu ainda pulo umas partes... não sei ainda se eu sei ela inteira.... tenho que olhar aqui no papelzinho que a mamãe me deu!

Personagem B: Ai amigo... não acredito... vamos repete comigo... é treino... jajá você aprende é rápido vamos lá em te ensino?


Personagem A: Mas minha mãe me disse que não pode ser rápido, que tem que ser do coração... pensando em cada palavrinha...

Personagem B: Imagina, claro que não! Deus é muito ocupado... Imagina todo mundo rezando devagarinho, pensando na vida, cantando... de olhinhos fechados... não dá para ele prestar atenção não!

Personagem A: Será?

Personagem B: Tô te falando... eu rezo rapidinho quando eu acordo, quando eu vou dormir e seu eu precisar muito de ajuda Dele de dia ai eu rezo também....

Personagem A: Entendi...

Personagem B: É tem que aprender e ser mais focado, sabe... ir direto ao assunto... a oração do Pai Nosso é muito boa... porque já agradece, já pede e já ta tudo certo!

Personagem A: Huuum... pensei que eu tava fazendo, certo... que ia até te ensinar alguma coisa...

Personagem B: Ah mais tudo bem... eu que acabei te ensinando, mas a vida é assim mesmo né... tranquilo, amigo... não fique triste!

... chega a catequista:

Catequista: Olá crianças, vocês juntos aqui que coisa boa... eu acabei de preparar nosso encontrinho da catequese, vai ser um tema muito legal: a importância da oração!

Personagem B: Nossa que coincidência! a gente tava falando disso... tava explicando aqui, tia que temos que rezar assim, bem rapidinho... ser bem focado... Deus tem muito o que fazer né... nada de ler papelzinho, tem que decorar logo...sem perder tempo!

Catequista: Decorar? rezar rapidinho? Não, por favor! Não façam isso!

Personagem A e B: Não?

Personagem A: Ah eu sabia que tinha algo de errado!

Personagem B: Nossa... tô surpreso... eu acho que faço certinho... rezo todo dia assim!

Catequista: Queridos, rezar é conversar com Deus... ele tem TODO tempo do mundo para nós! Ele através do Espirito Santo, está presente em todos os momentos, em todos os lugares...

Personagem A: Verdade!

Personagem B: Verdade mesmo...esqueci disto!

Catequista: Nossa oração, nossa conversa com Deus tem que ter todo carinho... como se a gente estivesse conversando com um grande amigo, e de fato é não é?

Personagem A e B: Claro! Nosso, amigão!

Personagem A: E como você reza, tia? Tem alguma dica?

Catequista: Ah Jesus no evangelho de hoje nos dá uma excelente dica... ele fala do oração do Pai Nosso... ela tem tudo:

Louvor: reconhecer que Deus é todo poderoso, reconhecer e deixar isso muito claro no nosso coração

Agradecimento: Deus nos dá tudo, o pão, a saúde, nossa família, os amigos!

E os pedidos: Deus sempre está MUITO disposto a nos ouvir e atender, mas só nos concederá o que for para o nosso bem, o que vai nos manter pertinho do coração Dele...

E outra coisa muito importante... Não é nosso tempo é no tempo Dele!

Personagem B: Como assim?

Catequista: Muitas vezes achamos que Deus não atende os nossos pedidos!

Personagem B: É eu já pensei isso...

Catequista: Sim, eu também já... Deus sabe que temos esta dificuldade em entender este assunto! Ele nos dá o que queremos, somente quando analisa, vê certinho se precisamos mesmo, se nos fará feliz, se nos fará fazer o bem e não pensa só no hoje... ele vê além!

Personagem A: Vê além? tem olho biônico!

Catequista: (risos)... Mais que biônico, tem os olhos do tempo... como Pai amoroso ele nos dá o melhor...o melhor para sempre!

Personagem B: Entendi... é realmente, melhor então ter uma conversa, uma boa prosa... como diz o vovô!

Catequista: Isso, mesmo! Uma boa prosa, uma boa conversa... aquela que não pensamos no que temos que fazer depois, sem pressa e que quando termina nosso coração fica feliz... e mais que tudo, que queremos logo, logo que chegue a próxima...

Personagem A: E o melhor, é que a próxima pode ser qualquer hora né!?

Catequista: Isso mesmo! Deus está SEMPRE de coração aberto, ansioso... esperando a gente começar!

Personagem B: Vou pra casa já conversar com Jesus!

Personagem A: E eu vou lá na igreja...

Catequista: Isso, queridos... não importa o lugar... nem a hora, só importa o coração! Vão e não esqueçam, façam isso todo dia, toda hora, sempre que o coração tiver vontade!

Sugestão de Música

Uma musiquinha linda. Orar é:




Ideia para trabalhar esse Evangelho


Vamos exercitar a oração? esta atividade está disponível no Igreja do Futuro - IEQ


Recorte dois  círculos em papel cartão ou papelão e, cole as respectivas figuras que representarão cada período do dia.  Manhã, tarde e noite. O círculo que tem a figura das crianças de joelhos (Fig,1), ficará por cima  da figura 2 e será preso por uma tachinha  "bailarina", aquela que após ser colocada no furo do meio, para a fixação, se abre uma ponta para um lado e outra para o outro lado.

Modo de Utilizar:  Você vai rodando o círculo de cima que vai mostrar cada período do dia enquanto vai falando sobre a oração ou ensinando um versículo bíblico.

Oração

Jesus, que cada dia mais e mais eu possa ter mais conversas com o Senhor. A oração é a nossa melhor conversa. Amém.




sábado, 9 de julho de 2016

Evangelho de Lucas 10,38-42

Missa de 17 de Julho de 2016

16º DOMINGO DO TEMPO COMUM “OUVIR A PALAVRA DE JESUS"

Leituras
Primeira Leitura Gn 18,1-10a
Salmo 14/15
Segunda Leitura  Cl 1,24-28
Evangelho Lc 10,38-42

Mensagem Principal
Somos acolhidos por Deus em sua casa e sentamos aos pés de Jesus para escutá-lo. O Evangelho de hoje nos desafia a ter o coração hospitaleiro de Maria e as mãos laboriosas de Marta.  (Fonte: folheto Nova Aliança)

 Ideia de roteiro para teatro

Personagem A:  Ai,ai... eu estou cansado... muito cansado!

Personagem B: Nossa, mas como assim tá tão cansado, nós estamos de férias!

Personagem A: Pois é... este é o problema... meus primos também estão de férias... e vão passar férias lá em casa! 

Personagem B: Ai que legal! Eu adoro quando os meus primos vão na minha casa... fazemos tanta bagunça, brincamos tanto!

Personagem A: É a gente tá se divertindo, mas eles estão abusando... pegam meus brinquedos, os 3 estão no meu pequeno quartinho e o que é pior, a bagunça eu que guardo porque só eu sei o lugar certinho que gosto de guardar os brinquedos...

Personagem B: Ah mais é fácil... só ensinar eles... se todo mundo fizer junto, logo acabam e podem brincar de outra coisa...

Personagem A: Nãooo... eles não sabem, vão guardar errado minhas coisas...

Personagem B: Nossa... eu acho que você está sendo bobo... tá perdendo o melhor das férias... jajá acaba viu...

Personagem B: Eu sou muito responsável! Já sou um homem! sou o irmão mais velho e o primo mais velho também!

Personagem A: Ai, ai... você está parecendo Marta na historia de hoje... ela também estava perdendo a melhor parte arrumando a casa...

Personagem B: Ah eu conheço esta historia... estava ela e Maria né...

Personagem A: Isso!

Personagem B: É, bem assim mesmo que eu me sinto... se Jesus viesse me visitar eu também ia reclamar para ele... com  certeza que ia!

Personagem A: Mas Jesus não defendeu Marta não... Defendeu Maria!

Personagem B: Aaaah não pode ser... é verdade, eu me lembro... mas acho que Marta não reclamou direito, eu sei explicar muito bem... Jesus vai me dar razão!

Personagem A: Eu acho que não!

Personagem B: Ah vai sim... não aguento mais!

Catequista entra.... estava ouvindo a conversa das crianças...

Catequista: Olá crianças... sem brigas, hein... Jesus não gosta de brigas, ainda mais entre amigos... eu estava ouvindo a conversa de vocês!

Personagem A e B: E quem tem razão!

Catequista: Crianças, o evangelho de hoje nos dá uma lição muito bonita! Ele deve estar em primeiro lugar na nossa vida... no dia a dia a gente fica preocupado as vezes,  vocês ficam preocupados também crianças?

Personagem A: Igual a minha mãe não! Minha mãe é muito preocupada... ela quer limpar a casa toda hora e quando a gente bagunça a arrumação dela... vixee... eu queria que ela brincasse mais com a gente!

Personagem B: Lá em casa meu pai que é o preocupado... ele chega dá oi... te amo, como foi seu dia e quando eu vou responder... ela já tá no celular ou no computador... tem muito trabalho... trabalha de casa também!

Personagem A: Mas minha mãe sempre diz: Ah que Deus me ajude... tenho tanto trabalho! Agora pensei... acho que Deus não tá ouvindo ela não!

Personagem B: É meu pai, quando vai na missa e faz oração... já ouvi ele falar baixinho rezando... ai Jesus me ajude...Acho que ele tá cansado!

Catequista: Sim, é muito bom pedir a ajuda de Jesus... e ele sempre nos ajuda! A gente é que muitas vezes a gente esquece que pediu e segue preocupado

Personagem B: É verdade... estes dias eu tinha super estudado para as minhas provas, ai mesmo assim e estava muito, muito com medo e pedi para Jesus me ajudar... mas eu não confiei muito... me deu até dor de barriga... naquele final de semana, eu nem quis brincar...e também não conseguia mais estudar... fiquei tão preocupado!

Personagem A: Ah eu me lembro disso... você me contou... e foi aquela prova que você tirou 10 né...

Personagem B: Foi esse dia mesmo... depois fiquei até com vergonha de Jesus! Eu pensei que ele não tinha me ajudado... eu pensava, fiz minha parte... estudei... e agora tô aqui pensando que não vou conseguir! Sentia algo de errado!

Personagem A: Eu me lembro também, que na catequese um dia antes a gente conversou muito com Jesus... fomos lá no Sacrário, na casinha Dele e cantamos e pintamos desenhos da Bíblia que você trouxe, a Senhora se lembra?

Catequista: Sim, me lembro... passamos horas muito boas com Jesus... demos atenção para Ele! Foi muito bom...

Personagem B: Sim... foi legal, mas eu não aproveitei tanto quanto outros dias... tava bem preocupado. Agora tô entendendo... Precisamos mesmo dar atenção pra Jesus... 

Catequista: Sim, queridos... Muitas são as preocupações do dia a dia... mas temos que escolher a melhor parte... a melhor parte é ficar juntinho do coração de Jesus! Ele SEMPRE quer estar com a gente, sempre disposto e de braços beeem abertos para um abração...

Personagem B: Que linda lição né... Precisamos ser como Maria! E ajudar todo mundo que faz como a Marta a entender logo que é muito melhor dar toda a atenção para Jesus! Ele merece! 

Catequista: Isso ai, queridos... aprenderam MUITO bem a lição!

Sugestão de Música

 Geeenteee, é demais esta musiquinha! Vejam:


E vale mais uma reflexão...Vocês conhecem esta turminha linda? Turminha do Coração de Criança

Amamos eles... aqui tem algumas musiquinhas para vocês conhecerem... a primeira música tem muito a ver com a lição que aprendemos hoje... temos que cuidar para que as preocupações não nos deixem longe de Jesus, mas também não podemos esquecer das coisas que gostamos, elas também não podem nos afastar de Jesus, Ele vem sempre em Primeiro lugar! Escutem ai:





Ideia para trabalhar esse Evangelho

Esta ideia linda para contar a historinha do Evangelho esta no blog:Jacozinho do Senhor

É uma ótima maneira de incentivar a criançada a contar a historinha para a família e amiguinhos. É importante também refletir sobre o que o evangelho nos traz, o blog está com uma ótima reflexão. 
Mostre às crianças qual é a melhor parte!




Oração

Jesus, querido amigo! Me ajude a escolher sempre a melhor parte... a sempre ouvir o Senhor... que nada me atrapalhe Jesus, amém!